casa.gifO CONTO POPULAR - ORIGEM E CARACTERÍSTICAS

   Almeida Garrett      anónimas      breves      caráter      desaparecessem      diferentes      escrita      fechadas      feliz      indefinido      indeterminado      Inglaterra      Irmãos Grimm      lúdica      Mal      moralizante      oral      oralmente      pequeno      Perrault      personagens-tipo      popular      povo      provérbio      repetição      simbologia      social      viajantes      XVI   
Origem e história dos contos populares:
O conto popular tem a sua origem no , que os contava e transmitia de geração em geração, sobretudo aos serões ou em momentos de convívio. São, portanto, narrativas , embora mais tarde também surjam os contos de autor. Em geral, os contos populares passavam de região para região através dos mercadores e outros , pelo que surgiram versões de um mesmo conto, pois, como diz o , «quem conta um conto, acrescenta-lhe um ponto». É o caso, por exemplo, do "Capuchinho Vermelho". Mais tarde, muitos escritores recolheram e publicaram muitas dessas histórias, passando-os da forma oral à forma , para que não . É o caso de , no séc. , em França, e dos , no séc. XIX, em . Em Portugal, também no séc. XIX, autores como ou Teófilo Braga fizeram o mesmo com os contos que se contavam no nosso país.
As características dos contos populares:
São narrativas e simples, onde se confrontam o Bem e o , sempre com um final . Têm um número de personagens, cuja caracterização é reduzida, que não se representam a si próprias mas ao grupo ao qual pertencem: são as . Normalmente não têm nome próprio, mas quando o têm é para reforçar o seu (ex: "Frei João Sem-Cuidados" é o nome de que enfrenta as dificuldades sem grandes preocupações). São histórias que decorrem num tempo (muitas começam por "Era uma vez...") e um espaço , sem nomes de lugares, cidades ou países em concreto. Têm uma função (distinguir o Bem do Mal e mostrar que este vence sempre) mas também (eram contados em momentos de convívio, de entretenimento, de diversão). A linguagem é simples, de nível , pois o seu emissor é o povo, sendo frequente a de palavras ou expressões, o que revela a sua origem e transmissão ). É frequente o recurso à : é o caso, por exemplo, do número três, das pombas, das fontes... São narrativas , pois conhecemos o destino final das personagens, e têm um final feliz.